Wednesday, March 05, 2008

Um tremor amado por um amor tremido

[...]
Sem ter pensado em passar, passei por sua vida. Foi uma passagem meteórica, não deve ter passado de alguns dias e poucas noites. Foi uma passagem necessária: permitiu que, de certa, forma eu encontrasse em você um refúgio e você visse em mim um porto seguro para atracar seus tremores, sem temer. Foi uma passagem traumática: derrubou a minha paz, dilacerou o havíamos conquistado, comprometeu o nosso futuro e arruinou nossas provavéis boas lembranças.
Foi só uma passagem meu amor, seus tremores passaram.
Foi só uma passagem meu tremor, seus amores passaram.
E já que eu também já passei porque você cisma em se manter inerte diante da incansável e interminável passagem da vida?
[...]

11 comments:

BABI SOLER said...

Vamos todos passar...
Essa é a melhor opção.

Karlinne said...

Eita, deixa eu tentar respirar depois d euma dessas...

Alice said...

uauuu !!! muito bom !!adorei esse lugar!
posso linkar-te aos meus favoritos ?
beijos pra vc

aquelacarta said...

hey, hey.
;D

[P] said...

Você não sabe, mas teu texto se encaixa perfeitamente com uma recente passagem da minha vida.

Fico aqui me perguntando "e se eu não tivesse passado?" Talvez as coisas derrubadas e dilaceradas ainda estivessem de pé, firmes e vivas.

LINDO teu texto. O momento em que me vejo, ou vejo algo que me toca diretamente, transcrito num texto de uma pessoa que não conheço é o momento exato em que identifico um verdadeiro escritor. Aquele que me faz sentir, entende?

Parabéns.

=***

Rose said...

Adorei a intensidade deste texto. Passei por aqui rápido, mas quero voltar para apreciar com calma os outros posts.

Ah, obrigada pela visita
volte sempre
posso te linkar?
beijo

**vc comprendeu bem a foto e a frase... ;)

Bárbara (B.) said...

Eu não sei se é a dor ou a beleza de ter amado loucamente um dia que mais me atrai nos teus escritos...

Incrível, fico sem palavras. Eu podia ter escrito isso.

Morganna said...

ainda bem que passa. ou a gente quer pensar que passou. :~

Morganna said...

publica! publica! \o/

mariana shimeni said...

talvez ainda não tenha "passado". já pensou nisso?

raquel a. said...

quando sabemos que passou?