Sunday, February 17, 2008

Lembranças cinzas

[...]Trago suas lembranças e meus cigarros. Penso nas coisas simples e em nós. Descanso num canto calmo e espero. Espero um sinal, um gesto, um berro, um sussurro. Qualquer coisa perceptível que me aproxime de você. Qualquer coisa que torne sua ausência menos desgastante, menos dolorosa, menos sufocante, enfim, menos ausente. [...]

3 comments:

ammie said...

gostei muitíssimo do seu blog.
também vou procurar ler com mais calma!

um abraço!

Laís Lorenzoni said...

hey,
amiguinho de blog, me passa seu msn?
=]
beijos :*

Morganna said...

é tanta ausência. :~