Monday, November 05, 2007

A Estátua (trecho)

A distância me deixa mais tranqüilo. Sei que você não vai me incomodar, sei que você não vai me questionar, sei que você não vai me julgar, sei que você não vai descobrir se fumo ou não, se bebo ou não, se trepo ou não, se falo ou não...
Mantenha essa distância. É minha segurança.
A proximidade muitas vezes estraga o que a distância preserva. Infelizmente, devo admitir que um dos grandes motivos do fracasso dos amantes é justamente essa necessidade de se estar junto. É contraditório, mas, pensando bem, é real. O amor força um encontro. Um encontro força um desgaste. Um desgaste força uma briga. Uma briga força um afastamento. Um afastamento força uma dor. Uma dor força um novo encontro. Um novo encontro força um novo desgaste, um novo desgaste força uma nova briga, uma nova briga força um novo afastamento, um novo afastamento força uma nova dor, uma nova dor força um novo encontro novamente....é assim gira esse ciclo apaixonante - pra não dizer: cruel.
[ trecho de um texto meu chamado "A estátua" - em breve postarei por aqui]

8 comments:

[ana fonseca] said...

bonito. me lembra das minhas platonicidades que, mesmo em meus vinte e dois anos, insistem em existir.


um abraço,
ana.

Talita Cardozo said...

esse tipo de afirmação só é coerente na boca de quem já viveu uma vida todinha e muito plena.

de resto, soa a fuga. pra não dizer covardia. mas ok, é um ponto de vista.

p.s.: me dirijo, sempre, ao “eu lírico“.

[ana fonseca] said...

ah, estava favoritado no pc do meu estágio e eu gosto sempre de ler blogs, etc. e eu gostei daqui.
:)

[ana fonseca] said...

hahaha bem, tem publicitários lá, mas não lembro de nenhuma talita. eu estagio na rádio estação, da UNESA.

Raven said...

esse texto é tão verdadeiro...

Raven said...

ahhh a sua frase do msn eh ótima! traduz tudo! =)

e sim, achei bem chico buarque a letra da sua música. e saber agora que é letra de música tem ainda mais a ver. =)

beijo procê!

Ana Fernandes said...

Perfeitamente aplicável em mim.
Engraçado quando escrevem algo que é justamente o que acabamos de viver.

suapequena said...

complicado demaaaais.
bem reflexivo..to começando a ler agora e assim como a anna, vou acabar postando alguma coisa no meu fotolog tb..
bjs!