Friday, December 18, 2009

Efeito você

[...]

Tento me enganar. Não pensar em você me soa impossível. É como não pensar na vida. É morrer. Você é minha cura. A cura que eu procuro para evitar a secura que é viver sem um grande amor. Você é minha cura. A cura que eu procuro para ouvir a doçura da sua fala pausada, quando diz que me ama.

[...]

3 comments:

a Amanda said...

meu efeito você não quer saber ne mim.

E agora?
[seguindo]

Jullie Alonso said...

Lindo meu amor!

hesseherre said...

Os teus escritos têm o vigor, a força, o impulso, a ingenuidade e a pureza dos jovens...Chegou a minha vez : qual a tua idade pra escrever deste jeito?
Até sempre, como diz o Rafeiro