Thursday, June 07, 2007

Simplesmente nós

Eu e você somos coisas inúteis que trafegam sozinhas na cidade vazia.
Eu e você somos pedras não-brutas, somos força miúda, somos um caso à parte deixado de lado.
Eu e você somos sexos distintos, somos bichos extintos, somos queixos caídos, bocas abertas.
Eu e você somos falsas promessas, somos novos profeta, somos deuses na Terra.
Eu e você somos notas agudas, notas confudas, notas difusas que não notam o som.
Eu e você balas perdidas achadas em corpos distantes de nós.
Eu e você somos coisas que andam e como andam as coisas na inércia da vida?

5 comments:

talita said...

gosto desse.

mas eu passei um tempão tentando adivinharo que significava "confudas".

Pedro Gabriel said...

"confudas" , segundo o dicionário Aurélio é : "um simples erro de digitação que o Pedro resolveu deixar por ser um erro espontâneo"
;-)

mas valeu por corrigir.
não tinha visto.
vou deixar.

Subsenso said...

Certo ou errado, é bom do mesmo jeito. Um dos melhores blogs que já vi.

Subsenso said...

Me convenci, teu blog é foda!

PS.: Possibilita postagem de quem não é cadastrado! Permita à voz a quem quer falar!

=]

Subsenso said...

Nossa, a concordância passou longe!
=]