Tuesday, June 28, 2011

Esqueça e Ame

[...]

Você que passou a noite inteira acordada, esperando um amor na fiel companhia de um cigarro pela metade e de um livro envelhecido, ainda guarda uma pequena esperança de ter valido a pena ter mantido as pálpebras entreabertas por tanto tempo, e aguarda, com a delicadeza de sempre, não se sentir traída pelo sonho de que, um dia, ele realmente virá. Entre um trago e outro, a saudade virou cinzas. Entre uma página e outra, a noite passou em branco. Entenda, nem as cinzas, nem as palavras, nem a saudade, muito menos a noite, são frias o suficiente para aquecer e confortar a alma de um corpo apaixonado que só faz esperar um amor que já não ama mais.

[...]

1 comment:

summer bird said...

gostei; tem um ar bem denso, muito bom. parabens ;)